Consciente da responsabilidade social das empresas na sociedade, a Sunvilog tem vindo a reforçar o seu empenho em causas humanitárias, nomeadamente em ações voluntárias que contribuam para o desenvolvimento da sociedade através da educação, cultura e contribuam também para o desenvolvimento da sociedade através da educação, cultura e melhoria das condições de vida.


Fundada, em 2001, por Tito Baião e João Pedro Pereira, em 2011 a “NA ROTA DOS POVOS” foi reconhecida pelo Estado Português como ONGD (Organização Não Governamental para o Desenvolvimento) e sofreu uma reestruturação, com a eleição de uma nova direção, passando a ser Luís Monteiro, sócio-gerente da Sunvilog, o vice-presidente.


A “NA ROTA DOS POVOS” é uma associação que, em conjunto com várias escolas nacionais, desenvolve projetos humanitários para satisfazer as necessidades dos povos guineenses, tendo, ao longo dos anos, enviado mais de 20 contentores de 40’ com material, para a construção de escolas e a criação de uma biblioteca.


Para além da contínua angariação de material didático e mobiliário escolar para este país africano, conseguiram realizar, em setembro de 2011, o sonho de trazer 15 jovens de Catió, aldeia longínqua na floresta guineense, para estudar em Portugal, mais precisamente na escola agrícola de Carvalhais em Mirandela, estando agora 7 deles a finalizar cursos no IPB (Instituto Politécnico de Bragança).